Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/123456789/3407
Título: HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL SUSTENTÁVEL: PROPOSTA DE MORADIA POPULAR QUE VISA SUSTENTABILIDADE, ECONOMIA E QUALIDADE DE VIDA
Autores: GONÇALVES, RAFAELA FERNANDA
Data: 30-Dez-2019
Editora: Com o crescimento cada vez mais exponencial de habitantes no planeta e consequentemente o aumento de edificações sendo estabelecidas para abrigar toda essa população, nunca se pensou tanto na necessidade de suprir as necessidades da geração presente sem que se afete a habilidade das gerações futuras de suprir as suas. Isto é, a todo momento são desenvolvidas novas tecnologias, técnicas e métodos para que a sociedade possa ascender, porém de forma justa e consciente perante a natureza e todos seus recursos naturais. Pensando desta forma, a adaptabilidade que a arquitetura proporciona a diversas situações podem contribuir na busca de materiais sustentáveis e de baixo custo aliadas a uma execução inteligente visando aproveitar quaisquer elementos naturais e renováveis, como água de chuva, luz solar e ventilação, por exemplo. A construção de habitações populares sustentáveis e economicamente viáveis, mostram-se como um grande advento para que nas épocas seguintes de iguais demandas, se possa aproveitar além de economia, questões de sustentabilidade. Palavras-chave: Moradias Populares. Sustentabilidade. Desenvolvimento Econômico.
Citação: Trabalho de conclusão de curso apresentado ao curso de Arquitetura e Urbanismo das Faculdades Doctum de Caratinga, como requisito para obtenção do título de bacharel em Arquitetura e Urbanismo. Área de concentração: Sustentabilidade Professor orientador: Thiago da Cunha Rosa
Descrição: Com o crescimento cada vez mais exponencial de habitantes no planeta e consequentemente o aumento de edificações sendo estabelecidas para abrigar toda essa população, nunca se pensou tanto na necessidade de suprir as necessidades da geração presente sem que se afete a habilidade das gerações futuras de suprir as suas. Isto é, a todo momento são desenvolvidas novas tecnologias, técnicas e métodos para que a sociedade possa ascender, porém de forma justa e consciente perante a natureza e todos seus recursos naturais. Pensando desta forma, a adaptabilidade que a arquitetura proporciona a diversas situações podem contribuir na busca de materiais sustentáveis e de baixo custo aliadas a uma execução inteligente visando aproveitar quaisquer elementos naturais e renováveis, como água de chuva, luz solar e ventilação, por exemplo. A construção de habitações populares sustentáveis e economicamente viáveis, mostram-se como um grande advento para que nas épocas seguintes de iguais demandas, se possa aproveitar além de economia, questões de sustentabilidade. Palavras-chave: Moradias Populares. Sustentabilidade. Desenvolvimento Econômico.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/3407
Aparece nas colecções:Arquitetura e Urbanismo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TCC1 RAFAELA 2 (1).pdf2.33 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.