Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/123456789/3423
Título: O PLANEJAMENTO URBANO EM PROL DO PATRIMÔNIO ARQUITETÔNICO CULTURAL: O ENTORNO DOS BENS TOMBADOS DE CARATINGA-MG
Outros títulos: O presente trabalho teve o objetivo de identificar instrumentos legais vigentes no ano de sua conclusão que direcionam o desenvolvimento urbano de Caratinga – MG e consideram o entorno e ambiência de seus patrimônios arquitetônicos culturais. Dada a importância da preservação e incentivo da história local, o intuito do trabalho foi entender como o processo de crescimento da cidade pode interferir negativamente na gestão dos bens tombados do município e como essas ações podem ser amenizadas. O processo metodológico consistiu em diversos levantamentos fotográficos, análises de imagens aéreas de pontos específicos da cidade onde existe algum bem arquitetônico tombado pelo município, e no estudo da sociedade local e sua forma de lidar com a cultura. Com isso, obteve-se informações capazes de identificar diversos problemas acarretados pela expansão desordenada do centro urbano e assim, foi possível elaborar sugestões a fim de amenizar tais problemas e, consequentemente, melhorar a percepção da população quanto a sua cultura e quanto ao ambiente onde se inserem. Palavras chave: Planejamento Urbano; Entorno; Patrimônio Cultural, Legislação Urbana.
Autores: COSTA, HANNAH ALVES DA
Data: 30-Dez-2019
Resumo: O presente trabalho teve o objetivo de identificar instrumentos legais vigentes no ano de sua conclusão que direcionam o desenvolvimento urbano de Caratinga – MG e consideram o entorno e ambiência de seus patrimônios arquitetônicos culturais. Dada a importância da preservação e incentivo da história local, o intuito do trabalho foi entender como o processo de crescimento da cidade pode interferir negativamente na gestão dos bens tombados do município e como essas ações podem ser amenizadas. O processo metodológico consistiu em diversos levantamentos fotográficos, análises de imagens aéreas de pontos específicos da cidade onde existe algum bem arquitetônico tombado pelo município, e no estudo da sociedade local e sua forma de lidar com a cultura. Com isso, obteve-se informações capazes de identificar diversos problemas acarretados pela expansão desordenada do centro urbano e assim, foi possível elaborar sugestões a fim de amenizar tais problemas e, consequentemente, melhorar a percepção da população quanto a sua cultura e quanto ao ambiente onde se inserem. Palavras chave: Planejamento Urbano; Entorno; Patrimônio Cultural, Legislação Urbana.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/3423
Aparece nas colecções:Arquitetura e Urbanismo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Prancha Projetual - Hannah Costa.pdf100.28 MBAdobe PDFVer/Abrir
Monografia - Hannah Costa.pdf3.32 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.